*Feliz 2016! Câmera do Vale - Notícias do RN: Posse: autoridades destacam melhoria da prestação jurisdicional potiguar com ingresso de novos juízes

(CâmeraTv) Suas tardes de sábado com muita animação - SÁBADO SHOW

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Posse: autoridades destacam melhoria da prestação jurisdicional potiguar com ingresso de novos juízes

Autoridades presentes na solenidade de posse dos 40 novos juízes substitutos do Tribunal de Justiça do RN, realizada na tarde de hoje (15), na Escola da Magistratura do RN, falaram sobre a importância do ingresso dos novos membros do Poder Judiciário potiguar.

Resultado de imagem para tjrnPara o governador do Estado, Robinson Faria, a posse dos novos magistrados é muito importante devido ao crescimento do Rio Grande do Norte. “O Poder Judiciário tem feito um excelente trabalho, mas existem demandas ainda reprimidas que agora poderão ser supridas com essa convocação de 40 juízes para ocupar as comarcas que estão sem um juiz, no interior. Isso vai dar mais funcionalidade ao Poder Judiciário, mais agilidade e isso termina ajudando aos outros poderes. Também dá oportunidade à população de ter acesso à Justiça na sua cidade, não precisando viajar para outras cidades”.

Para o senador Garibaldi Alves Filho, “a prestação jurisdicional vai ganhar um dinamismo muito grande, não apenas no aspecto quantitativo, em que novas comarcas serão preenchidas, mas também no aspecto qualitativo, porque teremos uma nova contribuição com relação ao Poder Judiciário”.

O procurador geral do Município de Natal, Carlos Castim, expressou seu otimismo com os novos juízes para melhoria da prestação jurisdicional para a população. “Nós vemos com muito otimismo, com muita esperança, primeiro pela renovação dos quadros da Magistratura do Rio Grande do Norte, segundo porque é uma forma de se garantir maior eficiência à prestação jurisdicional, principalmente à população do nosso Estado, que é uma população carente de uma maior agilidade da prestação jurisdicional no cumprimento das atividades judiciárias”.