*Feliz 2016! Câmera do Vale - Notícias do RN: Professores em greve poderão ser penalizados, afirma prefeito de Ipanguaçu

(CâmeraTv) Suas tardes de sábado com muita animação - SÁBADO SHOW

quarta-feira, 11 de março de 2015

Professores em greve poderão ser penalizados, afirma prefeito de Ipanguaçu

Prefeito Leonardo Oliveira e a secretária de municipal de Educação Jeane Dantas (Foto: JSL)

Na noite desta terça-feira, 10, durante o programa Panorama do Vale, rádio Princesa do Vale, o prefeito de Ipanguaçu e a secretária municipal de Educação daquela cidade, Leonardo Oliveira e Jeane Dantas dos Santos Bezerra, respectivamente, comentaram a cerca do movimento grevista deflagrado por parte de alguns professores da rede municipal de ensino, que teve início nesta última segunda-feira, 9.

Para o prefeito Leonardo Oliveira, não existem motivos para isto está acontecendo em Ipanguaçu, uma vez que segundo ele, sua gestão tem feito de tudo para desenvolver a educação naquela cidade. "O que os líderes deste movimento estão apresentando é pura leviandade. Eu faço um desafio, eu proponho que os pais dos alunos juntamente com o sindicato da categoria, vamos juntos visitar escola por escola", afirmou ele.

Já segundo a secretária municipal de Educação, antes e depois do indicativo de greve, não houve nenhuma reunião para se discutir a pauta das reivindicações. "SINDISEPI fez tudo de forma esquisita, pois antes de uma greve ou até mesmo de um indicativo, é preciso sentar com as partes e debater uma solução, e isso não foi feito", disse Jeane Dantas.

O Chefe do Executivo de Ipanguaçu aguarda agora o parecer do Ministério Público quanto a legalidade do movimento grevista. E segundo ele, caso a greve seja considerada ilegal, todos os professores que aderiram à greve, cerca de 30% segundo a própria secretária de Educação, os pontos dos mesmos serão cortados e haverá desconto em folha dos dias não trabalhados.